INFORMATIVOS E REPORTAGENS

BRÓCOLIS
O vegetal age contra o câncer de estômago e queimaduras da pele

Ele espanta o risco de tumores, ajuda a controlar a pressão e protege a pele e o estomago. Pouco calórico (36 calorias em 100 gramas), pertence ao time dos vegetais crucíferos, sendo primo próximo do repolho e da couve-flor, mas com alguns diferenciais.
 
É abundante em cálcio e vitaminas, para fazer inveja a todos os seus parentes, e fitoquímicos como sulforafano, que evita úlceras e gastrites, além de componentes que impedem mutações malignas nas células.
 
Elenco: Da família dos vegetais crucíferos (a qual pertencem também o espinafre e a couve), é rico em vitaminas C e A e em ácido fólico, ferro, potássio, cálcio e selênio. É também a hortaliça com a maior concentração de ferro (15 miligramas a cada 100 gramas do vegetal).
 
Protagonista: Os brócolis são verdes assim porque estão cheios de clorofila e de carotenóides, como a luteína, que protege contra tumores graças à forte ação antioxidante.
 
Sinopse: Se congelado, tem o mesmo valor nutritivo do fresco! Saboroso e pratico, conta com substancias que bloqueiam a ação de hormônios que estimulam a evolução dos tumores, enquanto outras inibem o crescimento destes, ou fomentam a ação de enzimas protetoras. Também tem um alto teor de bioflavonóides e outros antioxidantes, fundamentais para proteger as células contra mutações e danos provocados por moléculas instáveis (radicais livres).
 
Exibição: Vegetais devem fazer parte das refeições pelo menos uma vez por dia. Mas isso não quer dizer que você precisa comer apenas brócolis, A couve-flor ou outras verduras verde-escuras, como o espinafre, são boas opções para variar cardápio. Quando os brócolis entrarem em ação, coloque no prato pelo menos uma xícara cheia da flor.
 
INDICAÇÕES PARA O BROCOLIS
 
Câncer - O sulforafane, substância química Encontrada em brócolis e brotos desse vegetal, elimina a bactéria responsável pela maior parte dos casos de câncer de estômago, anunciaram pesquisadores em artigo para a revista Proceedings of the National Academy of Science. Outro estudo, desta vez publicado no Journal of the National Cancer Institute, comprovou que comer brócolis (e também couve-flor) regularmente reduz o risco de um homem desenvolver formas agressivas de câncer de próstata. Os cientistas notaram que uma porção semanal de brócolis levou a uma queda de 45% nesse risco entre os 1,3 mil voluntaries analisados.
 
Gastrite e ulcera - Pesquisas recentes apontam os brócolis como coadjuvantes no tratamento de gastrite e ulcera gástrica. Isso ocorre porque os brócolis são ricos em fitoquímicos que inibem o desenvolvimento da bactéria H. Pylori, causadora desses dois males, que sao base do câncer de estômago.
 
Pele - O extrato de brócolis e um santo remédio contra queimaduras produzidas pelos raios ultravioleta do sol. Um estudo realizado pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, comprovou essa capacidade ao aplicar o emplastro em cobaias e pessoas com vermelhidão na pele.
 
Pressão alta – É forte aliado na luta contra esse problema, por ter bastante potássio, mineral que diminui a pressão arterial, exercendo ação protetora do coração. Outra possível relação do brócolis no controle da pressão esta no fato de ser fonte de cálcio que, quando diminuído na corrente sanguínea, eleva a pressão.

Aveia Ferla

Voltar

 
 
  Av. dos Autonomistas, nº 896, Sala 2804, 28º Andar
Torre Santorini, Vila Yara, Osasco - SP / Brasil
CEP: 06020-010
Tel: (11) 2171-6666 | E-mail: sac@nutriz.com.br
    Desenvolvimento: Interpágina